Entrada News

News

News
E-mail Print PDF

Bolsas para Professores e Investigadores, do Eixo I – Educação e Formação do Programa Rumos.

 
A ARDITI- Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação, abre um período de candidaturas a serem financiadas através da Tipologia de Intervenção 1.3.1 – Bolsas para Professores e Investigadores, do Eixo I – Educação e Formação do Programa Rumos.

O Plano de Ação para a Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da RAM (PIDT&I) considera o turismo como uma das áreas prioritárias para a intervenção em C&T e destaca a necessidade de criação de massa crítica especializada em turismo, o desenvolvimento de um sistema de informação do destino, e a implementação de ferramentas inovadoras na promoção do destino, que irão constituir uma base informacional de apoio à tomada de decisão a diversos níveis.
 
Período de candidaturas: 24 de março a 4 de abril de 2014 
 
Anexos:
 
E-mail Print PDF

Abertura do 5º concurso transnacional conjunto da ERA-NET em biotecnologia industrial

 

Caro(a) Gestor(a) de Ciência/Investigador(a),

O consórcio da ERA-IB-2 abriu a 1 de Fevereiro de 2014 o 5º concurso para financiamento de projetos científicos em biotecnologia industrial, no qual a Fundação para a Ciência e a Tecnologia participa. Por favor, encontre em anexo o comunicado de imprensa da rede com todos os detalhes do concurso. Para mais informações sobre o 5º concurso da ERA-IB-2 ver no sítio da rede (www.era-ib.net).

Documentos disponíveis para descarregar:
icon ERA NET 5thCall Announcement (35.6 kB)
Last Updated on Thursday, 06 February 2014 14:42
 
E-mail Print PDF

Concurso de Bolsa de Investigação, referência BI/LGH/Citogenética/2013

Lista Provisória de Atribuição de Bolsa 


Ordem 
Nome do candidato Critério 1Critério 2

Classificação 
final

Bolsa
1Tamira Sofia Nóbrega Freitas Teixeira17,91918,4Atribuída

Documentos disponíveis para descarregar:
icon Lista provisória de atribuição de bolsa BI/LGH/Citogenética/2013 (66.77 kB)

 
E-mail Print PDF

 

Bolsas Fulbright apoiam Mestrados, Doutoramentos e Investigação nos Estados Unidos


Lisboa, 6 de Janeiro de 2014 - A Comissão Fulbright anuncia a abertura de concursos para a atribuição de Bolsas a estudantes e investigadores portugueses que pretendam prosseguir estudos de mestrado e doutoramento ou realizar projectos de investigação em universidades ou centros de investigação nos EUA.
 
Os concursos abertos destinam-se a atribuir as seguintes bolsas:
  • Bolsa Fulbright para Mestrados e Doutoramentos (a iniciar no ano académico 2015/2016);
  • Bolsa Fulbright para Investigação (a iniciar no ano académico 2014/2015);
  • Bolsa Fulbright para Investigação em Saúde Pública, com o apoio da Fundação Luso-Americana, da Merck Sharp & Dohme, do Pingo Doce e da Novartis (a iniciar no ano académico 2014/2015);
  • Bolsa de Viagem Fulbright (para programas de Mestrado e Doutoramento a iniciar no ano académico 2014/2015).
Os regulamentos e informações detalhadas para cada concurso estão disponíveis no site da Comissão Fulbright em www.fulbright.pt e as candidaturas deverão ser submetidas online entre 1 de Fevereiro e 31 de Março de 2014.
 
Otília Macedo Reis, Directora Executiva da Comissão Fulbright, salienta que "para além do mérito académico e da oportunidade e qualidade dos planos de estudo e projectos apresentados, o Programa Fulbright valoriza a capacidade de liderança e o dinamismo dos candidatos às bolsas. Pretende-se que os bolseiros do Programa Fulbright ajam como ‘embaixadores culturais' do seu país e contribuam para o desenvolvimento científico, económico e social de Portugal".

Sobre a Comissão Fulbright
O Programa Fulbright, administrado actualmente em mais de 150 países, foi criado nos EUA em 1946 por proposta do Senador J. William Fulbright com o objectivo de, através do intercâmbio internacional de estudantes e professores, promover o entendimento mútuo, a partilha de ideias e a busca de soluções para problemas globais.

Em Portugal o Programa é administrado pela Comissão Fulbright (Comissão Cultural Luso-Americana). Desde o início da implementação do Programa Fulbright em Portugal, em 1960, mais de 1300 estudantes e professores portugueses e 750 norte-americanos receberam bolsas Fulbright numa variedade de áreas académicas. O carácter binacional da Comissão Fulbright reflecte-se na representatividade do Governo dos Estados Unidos da América e do Governo de Portugal quer na sua administração quer no financiamento da sua actividade.
 


Page 8 of 36